Conheça os Tipos de Depressão e Algumas Formas de Combatê-los

Por Francisco

Tempo de leitura: 2 minutos

Ao contrário do que muitos pensam, existem vários tipos de depressão. Em algumas situações, a pessoa nem tem melancolia profunda, mesmo assim, é importante ter um tratamento adequado para viver melhor. 

Por isso, é necessário conhecer os sintomas que a doença pode apresentar. Dessa forma, você pode descobrir se deve buscar ajuda ou, então, auxiliar algum amigo ou familiar que esteja passando por essa situação. Saiba mais!

Quais são os tipos de depressão mais comuns

Apesar de existirem diferentes tipos de depressão, a maior parte das pessoas só conhece a clássica — que é aquela caracterizada por tristeza profunda, pensamentos negativos e indisposição. 

Porém, a doença pode se manifestar de muitas outras maneiras. Veja só: 

Clássica (transtorno depressivo maior)

Como eu já disse, a depressão clássica é aquela em que estão presentes os sintomas mais comuns. O indivíduo que está nessa condição se sente profundamente abatido, tem pouco interesse em atividades que antes eram prazerosas, não consegue dormir bem e tem alterações no apetite. 

Transtorno depressivo persistente

No transtorno depressivo persistente, é normal se sentir triste, mas não com todos os sintomas da depressão clássica. Conhece alguém que há meses não se sente animado para nada? Talvez essa pessoa esteja vivendo esse quadro que não é tão intenso, mas cujos sinais não vão embora.

Transtorno disfórico pré-menstrual e perinatal

Por causa das alterações hormonais, as mulheres podem ter quadros específicos de depressão, antes da menstruação, durante e até um ano após a gravidez. Em alguns casos, essa tensão é tão grave que a paciente tem dificuldades de realizar atividades do dia a dia e pode comprometer o funcionamento da família. 

Quais são os tratamentos?

Caso você tenha se identificado com algum desses tipos de depressão, é importante buscar o auxílio de um profissional. Atualmente, existem várias formas de combater essa doença e viver com muito mais qualidade de vida. 

Além de medicamentos, os médicos têm recomendado um estilo de vida alternativo para auxiliar no tratamento. Alimentar-se bem, fazer atividade física, manter um hobby e até meditar estão entre as práticas capazes de atenuar os sintomas da depressão. 

Mas, atenção! Apenas um profissional pode avaliar cada caso e indicar o que é melhor, ok? Quer saber mais sobre como viver bem e ser mais feliz? Baixe o Zen e leia outros artigos no blog!

Nenhum comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

POR UMA VIDA MAIS ZEN
Dicas, inspirações
e novidades!
Experimente o zen por 7 dias
grátis!
Quero testar!