Começar a meditar: veja 5 filmes que vão te inspirar

Por Zen App

Tempo de leitura: 3 minutos

É muito comum as pessoas acharem que começar a meditar é um ato que demanda pompa e circunstância. Acreditam que seja necessário um lugar isolado, a roupa certa, uma almofadinha para sustentar a coluna e mais um monte de coisas que só vão adiando o plano de colocar a higiene mental na rotina.

A meditação é uma prática milenar com uma série de benefícios já comprovados. Limpar a mente diminui a ansiedade e o estresse, ajuda na estabilização do humor, baixa a pressão sanguínea e fortalece o sistema imunológico. E não precisa de nenhum ritual especial para ser praticada! Basta você separar alguns minutos e encontrar um lugar onde possa ficar com você mesma.

Se o que está faltando é inspiração, não faltará mais! Neste post, vamos apresentar cinco filmes que têm a meditação em seus enredos, para você se animar a começar. Boa leitura!

1. Sete anos no Tibete

O escalador alemão Heinrich Harrer queria realizar um grande feito: escalar o monte Nanga Parbat, 9° mais alto do mundo. O ano era 1943, e ele acabou virando prisioneiro de guerra. Depois de uma fuga pelo Himalaia, ele é acolhido na cidade de Lhasa, no Tibete.

Lá, onde vive por sete anos, ele passa por uma transformação pessoal profunda. A meditação não é central na história, mas ela permeia toda a rotina mostrada no filme, uma vez que a espiritualidade é uma dimensão muito relevante na vida das pessoas no Tibete. Bom exemplo para quem quer incluir a meditação no dia a dia!

2. Free the mind

Se você curte documentários e gosta de se apoiar na ciência para tomar suas decisões, esse é o filme certo para você. Ele mostra os resultados das pesquisas do neurocientista e pesquisador Richard Davidson, da Universidade de Wisconsin-Madison.

O foco são os estudos que têm sido feitos para comprovar os efeitos benéficos da ioga e da meditação na saúde das pessoas. Davidson foi incentivado a fazer esse trabalho pelo próprio Dalai Lama, em 1992. No documentário, o pesquisador mostra a evolução de crianças e veteranos de guerra que sofreram algum tipo de trauma.

3. O pequeno Buda

Com Keanu Reeves no papel principal, esse filme conta a história de Sidarta — o Buda — pelo olhar de uma criança ocidental, Jesse Conrad. O menino é um dos possíveis corpos em que reencarnou Lama Dorje, um mestre espiritual.

Paralelamente, o filme mostra duas jornadas: a das três crianças, em busca de descobrir quem é a reencarnação do lama, e a do Buda, da ignorância à iluminação. Além da mensagem inspiradora, a fotografia é lindíssima. Foi lançado em 1993 e, se você ainda não viu, está na hora. Se já, que tal ver de novo, prestando atenção a como a meditação é tratada?

4. Comer, Rezar, Amar

Depois de uma separação difícil, Elizabeth Gilbert resolve tirar um ano sabático, em que ela viverá quatro meses em cada um dos destinos que ela gostaria de conhecer: Itália, Índia e Bali.

O período na Índia é dedicado a um retiro em um ashram (monastério), onde ela aprofunda sua relação com a meditação, consegue responder a algumas questões pessoais profundas e reconquista sua paz de espírito.

5. Awake: A vida de Yogananda

Para encerrar a lista, mais um documentário. Este conta a vida de Yogananda, swami hindu que trouxe a meditação e a ioga para o mundo ocidental na década de 1920. Em suas aulas de meditação, ele reunia centenas de pessoas, em um transe meditativo coletivo.

O filme rodou por 30 países, na busca por responder por que as pessoas resolveram voltar sua atenção para dentro, além de analisar a prática da ioga e da meditação, do século passado aos dias de hoje.

Se, depois desses filmes, você ficar inspirada para começar a meditar e entrar de vez em contato com você mesma, uma prática de ioga é um ótimo caminho! Veja 10 posições de ioga para iniciantes e comece agora mesmo!

Nenhum comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

POR UMA VIDA MAIS ZEN
Dicas, inspirações
e novidades!
Experimente o zen por 7 dias
grátis!
Quero testar!