Meditação

Você sabia? A meditação ajuda a reduzir a necessidade de medicamentos

meditação ajuda a reduzir uso de medicamentos
Escrito por Zen App

Depois de um dia estressante e corrido, não há nada melhor do que relaxar para recarregar as energias, certo? Ainda que muita gente não cogite a meditação como a primeira alternativa para atingir este objetivo, os motivos para começar sua prática não são poucos. 

Nos últimos anos, diversos tipos de estudos e pesquisas mostraram que, muito mais do que acalmar o corpo e a mente, a prática regular desse tipo de exercício pode ter diversos reflexos concretos na saúde de qualquer pessoa.

Neste post, você vai entender melhor como a meditação ajuda a melhorar sua qualidade de vida e até reduzir a necessidade de diversos tipos de medicamentos.

A meditação ajuda a tratar quais tipos de problemas?

Embora muita gente não considere a meditação como parte de qualquer terapia médica, já é cientificamente comprovado que a sua prática é capaz de aliviar os sintomas de diversos tipos de doenças e distúrbios mentais. Um estudo recente feito pela Universidade John Hopkins, nos Estados Unidos, constatou que os benefícios da contemplação mental podem ter tantos efeitos quanto os antidepressivos.

De acordo com a pesquisa, 30 minutos de meditação por dia são capazes de ajudar a manter a ansiedade, dores crônicas, estresse e depressão sob controle. Os resultados foram publicados Journal of the American Medical Association (JAMA).

Após a revisão de quase 50 casos clínicos envolvendo mais de 3 mil participantes, os pesquisadores ressaltaram que os médicos devem estar preparados para orientar seus pacientes sobre o papel da meditação em alguns tipos de tratamentos, já que a prática possui efeito na redução de consequências negativas causadas por estresse psicológico.

Outro estudo realizado pela Unifesp (Universidade Federal de São Paulo) também apontou a meditação como responsável pela melhora do tratamento de diversas mulheres que utilizavam medicamentos para dormir. Percebeu-se que 75% delas interromperam o uso dos medicamentos, enquanto 25% reduziram a sua dosagem para 1/4 do que utilizavam antes.

Sendo assim, é possível constatar que a meditação ajuda no tratamento e cura de diversos desequilíbrios mentais, como a ansiedade, estresse e depressão. Com o aumento no nível de bem-estar, a tendência é que outros problemas (como dores, insônia, gastrite e irritações) também sejam amenizados.

Como a meditação age no corpo e mente do praticante?

Manter a estabilidade mental pode parecer um desafio nos dias de hoje. Afinal, a vivência de uma rotina atarefada nos força a recordar constantemente de ações passadas (seja em virtude do trabalho ou dos estudos) e a se preocupar com problemas que ainda não aconteceram.   

Ao voltar a sua mente para estas obrigações com frequência, é possível que você tire o foco do momento presente e não vivencie de verdade o que está acontecendo ao seu redor. Isso pode ocasionar uma perda do equilíbrio mental.

A educadora emocional Junia Bretas resume esse fato em uma simples citação: 

“A depressão é um reflexo do excesso de passado em nossas mentes. A ansiedade é um excesso de futuro. O momento presente é a chave para a cura de todos os males mentais”.

A meditação ajuda a solucionar esse problema ao fazer uma pequena pausa em toda essa correria para desacelerar o organismo. De acordo com uma pesquisa feita pela Universidade da Califórnia, nos EUA, esse descanso melhora a capacidade psíquica do praticante.

Isso acontece em virtude da ação potencializada de uma enzima chamada telomerase, que provoca diversas alterações fisiológicas capazes de melhorar a percepção de controle e atenção, além de desestimular neuroses e tensões negativas.

Em suma, a meditação ajuda o seu praticante a se manter no momento presente, sem se preocupar tanto com o passado ou futuro. Essa mudança é responsável por uma vida mais leve, feliz e livre de ansiedades.

Por que vale a pena começar a meditar ainda hoje?

Além de reduzir a necessidade do uso de medicamentos, a meditação ajuda a fortalecer a saúde mental e física, promovendo diversos tipos de benefícios até para quem não possui doença alguma. 

Fortalecimento do sistema cardiovascular

O relaxamento mental e físico pode provocar uma queda nos batimentos do coração e pressão arterial, reduzindo os riscos de hipertensão e doenças cardíacas. Ao menos, é isso que sugere um estudo promovido pela Associação Americana do Coração.

Segundo a pesquisa, a prática da meditação pode diminuir em até 47%, as chances de infartos e ataques cardíacos em adultos.

Melhora do sistema imunológico

Quando você medita, a produção intensificada da telomerase no organismo age diretamente sobre as células do sistema imunológico, aumentando sua longevidade. Isso significa que o funcionamento da atividade cerebral durante estes instantes está associado a uma maior produção de anticorpos.

Descobertas como estas podem ser tão benéficas para o sistema imunológico que diversas universidades americanas já estudam os efeitos da meditação no tratamento de tumores malignos. A Associação Americana de Urologia, inclusive, recomenda a prática para conter o câncer de próstata. 

Boa manutenção do foco e concentração

Ao aprender a focar sua atenção no momento presente, evitando preocupações e dispersões desnecessárias, o seu cérebro passa por uma espécie de exercício para se manter mais tranquilo e concentrado.

O resultado não poderia ser outro: pessoas que meditam tendem a ser mais focadas, tranquilas e, consequentemente, possuem maior capacidade de aprender e reter informações.

Maior equilíbrio emocional

Devido à desaceleração do corpo causada pelo relaxamento, a meditação ajuda a concentrar os níveis de dopamina e serotonina no organismo, o que acarreta em um aumento das sensações de prazer e energia.

A redução do estresse e ansiedade aliada ao aumento de uma sensação de bem-estar podem ser os fatores essenciais para uma vida mais equilibrada e resiliente.

Quem deseja começar a meditar não precisa de muitos recursos para isso. É preciso apenas de um pouco de privacidade e, se possível, um lugar sossegado e com pouco barulho. 

Em nosso aplicativo você poderá ter acesso a um programa introdutório de 21 dias, com meditações transcendentais que começam com apenas um minuto e aumentam sua duração progressivamente. Os iniciantes podem contar com as meditações guiadas, para terem mais facilidade em iniciar e manter o processo. 

Agora que você já sabe como a meditação ajuda a melhorar sua vida em todos os sentidos, não deixe de conhecer nosso programa por meio do aplicativo Zen e usufruir de todos os seus benefícios exclusivos gratuitamente por 7 dias!

    Sobre o autor

    Zen App

    Deixar comentário.

    Aplicativo de Meditação 7 dias grátis

    Descubra seu lado Zen!

    Baixe o App Gratuitamente, desfrute de meditações guiadas para relaxar, dormir bem e controlar sua ansiedade.
    Inscreva-se e receba 7 dias de acesso 100% GRATUITO.
    Faça parte de nossa lista VIP!

    Obrigado por se inscrever em breve você receberá as informações de acesso no email cadastrado.

    Compartilhar