Meditação

Saiba como atingir a atenção plena

Written by Zen App

Você pode não perceber, mas existe um problema compartilhado pela maioria da população: a dificuldade em se manter focado no momento presente. Seja no trabalho, seja em casa, é comum ter a mente transitando entre lembranças do passado ou imaginando cenas futuras, ainda que o corpo esteja vivenciando uma situação diferente.

Afinal, como aproveitar ao máximo as experiências do momento sem deixar que a imaginação ou as preocupações atrapalhem os pensamentos? É possível controlar a mente para focar apenas o que realmente merece a sua atenção?

Neste post, você vai descobrir como atingir a atenção plena e tirar a sua vida do “piloto automático”. Acompanhe:

O que é a atenção plena

A atenção plena é um estado que pode ser alcançado por qualquer pessoa, por meio do treino da mente. Os primeiros registros de práticas parecidas estão presentes nos Vedas, que são escrituras indianas com mais de 4 mil anos. Inclusive, muitos gurus e budas divulgaram as mesmas ideias, com o objetivo de conhecer melhor o próprio mundo interior e acabar com o sofrimento humano.

Mais do que uma simples técnica de meditação e exercícios de origem asiática, a atenção plena (também conhecida como “mindfulness”) também é um estilo de vida, que consiste, basicamente, em se manter totalmente aberto às experiências do momento presente.

A ideia é deixar de lado os traumas do passado e as expectativas (ou a ansiedade), que são voltadas para o futuro, focando apenas o “aqui e agora”. Para isso, não é preciso se sentar no chão com as pernas cruzadas, nem fechar os olhos. A atenção plena é um processo sutil, que você pode desenvolver enquanto trabalha, realiza suas tarefas domésticas ou até mesmo lê este texto.

Benefícios da atenção plena para sua vida

O leque de benefícios cientificamente comprovados da atenção plena pode ser sentido tanto na vida pessoal quanto profissional de seu praticante. Os principais deles são:

Controle emocional

Ao tomar plena consciência daquilo que pensa e sente, o praticante que atingir a atenção plena se torna capaz de eliminar sentimentos nocivos antes que eles se desenvolvam e desencadeiem um fluxo de emoções negativas. Esse fluxo é, basicamente, a origem de tudo o que faz as pessoas se sentirem frustradas, estressadas, irritadas ou tristes.

Fim da ansiedade

Uma famosa frase da psicóloga Junia Bretas diz que “a depressão é um excesso de passado em nossas mentes. Ansiedade é excesso de futuro. O momento presente é a chave para a cura de todos os males mentais”.

Dentro do “aqui e agora”, não existem ambições, preocupações ou medos irracionais. É por isso que, ao trazer os efeitos do mindfulness para a rotina, é possível viver uma vida plena, sem gastar energia por pensar demais no futuro.

Aumento da concentração e produtividade

A capacidade de direcionar e manter o foco é cada vez mais requisitada em um mundo bastante acelerado e com tantas distrações disponíveis.

Um estudo de Harvard mostrou que a mente trabalha em várias frequências para conseguir lidar com esse excesso de informações e que os praticantes de mindfulness conseguem alternar melhor esse controle mental, suprimindo as distrações e informações irrelevantes. Isso porque até mesmo a prática de meditações curtas já é benéfica para as habilidades cognitivas do cérebro.

Maior nível de relaxamento e bem-estar

Libertar-se do ócio e das pequenas pressões cotidianas causadas pelo excesso de tarefas ou preocupações é uma excelente estratégia para combater o estresse, além de aprender a lidar com as dificuldades de forma mais tranquila.

Tudo isso é possível por meio da atenção plena, que provoca um aumento do nível de bem-estar pessoal, mesmo em situações instáveis.

Práticas para atingir a atenção plena

Pode-se dizer que a atenção plena é a capacidade de ficar no momento presente, observando seus pensamentos sem se envolver demais com eles. Ao contrário do que muita gente imagina, a meditação mindfulness não é sinônimo de “parar de pensar” ou calar as emoções. Você ainda terá os mesmos pensamentos, no entanto, aprenderá a não se identificar com eles.

Alguns exercícios simples podem ajudar a desenvolver essa habilidade aos poucos:

Respiração consciente

O objetivo deste exercício é levar mais oxigênio para o cérebro por meio de inspirações profundas. Comece sentindo a expansão do peito, puxando o ar lentamente. Em seguida, expire todo o ar inalado pela boca, observando como o seu corpo reage a esse movimento.

Procure observar com cuidado as sutis ondulações de subida e descida do seu tronco a cada respiração. Se preferir, apoie as mãos sobre o abdômen e repita o exercício três vezes, para depois fechar os olhos e voltar a respirar como de costume.

Se a sua mente se distrair durante o exercício, não se preocupe. Apenas recomece e tenha paciência.

Vigília dos pensamentos

Passe a transferir toda a sua atenção para os próprios pensamentos com mais frequência. Observe como cada ideia, imagem ou lembrança surge e é logo substituída por outra.

Procure reparar quais sentimentos cada tipo de pensamento carrega: seria desconforto? Felicidade? Vergonha? Calma? Tente observá-los como uma pessoa distante, por até três minutos. Em seguida, procure descrever o seu estado de espírito com base no que visualizou.

Atenção às sensações

De olhos fechados, observe sua postura e todas as sensações possíveis que te afetam: o apoio dos pés sobre o chão, a temperatura local sobre sua pele, o roçar da roupa sobre seu corpo.

Quais cheiros estão presentes no ambiente neste exato momento? Faz calor ou frio? Qual é o gosto presente na sua boca? Quais sons entram pelos seus ouvidos? Procure apurar a sua sensibilidade o máximo que puder.

Meditação

Diversos tipos de meditações guiadas e transcendentais preparam o corpo e a mente para o alcance de um estado de atenção plena. Inclusive, todo conteúdo disponível no aplicativo Zen busca proporcionar momentos de mais presença para seus usuários.

O Programa de 21 Dias de Meditação e outros áudios específicos voltados para a atenção plena, disponíveis nessa ferramenta, são um excelente caminho para ajudar qualquer pessoa a alcançar esse nível.

Foco no processo, e não nos resultados

Até mesmo a simplicidade pode ser trabalhosa. Ter muitas expectativas pode deixá-lo ansioso e atrapalhar a prática. Não se preocupe: você vai se sentir mais equilibrado e feliz (diversos estudos comprovam isso), mas focar apenas o objetivo final pode impedir a atenção nos exercícios.

Se você deseja aprender mais sobre a meditação e como atingir a atenção plena, entre em contato conosco e conheça nosso app. Você descobrirá que aquela sensação de equilíbrio e contentamento que sempre procura está a apenas algumas respirações de distância!

 

About the author

Zen App

Leave a Comment

Aplicativo de Meditação 7 dias grátis

Descubra seu lado Zen!

Baixe o App Gratuitamente, desfrute de meditações guiadas para relaxar, dormir bem e controlar sua ansiedade.
Inscreva-se e receba 7 dias de acesso 100% GRATUITO.
Faça parte de nossa lista VIP!

Obrigado por se inscrever em breve você receberá as informações de acesso no email cadastrado.

Compartilhar