Meditação

Mantras para meditação: o que são e como começar a praticar

mulher praticando mantras para meditação
Written by Fabiana Paixão

Há quem prefira o silêncio no momento da meditação, mas para aqueles que gostam de um fundo musical e não sabem qual escolher, os mantras para meditação são excelentes opções.

A prática do mantra como meditação é uma das mais comuns e também poderosas formas de meditar. Para saber mais sobre o que é e dicas para começar, continue lendo!

O que são mantras

Certamente você já deve ter escutado que as palavras têm poder, não é mesmo? Sabia que essa afirmação também se enquadra para os mantras? 

Revelado aos rishis (grandes sábios e deuses) durante suas práticas profundas de meditação, os mantras são frequências, palavras de poder. O seu princípio é a vibração sonora, que com a intenção intensifica o seu poder.

Em sânscrito mantra é “Aquilo que, enquanto objeto de meditação, traz libertação”. Através da sua entonação é possível nos proteger de emoções indesejáveis e direcionar o nosso pensamento.

Ao contrário do que muitos pensam, um mantra não é nem uma “palavra mágica” nem um “encantamento”, mas uma frequência da representação e concentração mental. Por isso, é considerado um recurso do poder mental, que não tem a ver com forças sobrenaturais.

Os mantras também podem ser interpretados como orações, mas é uma prática que não tem cunho religioso. Qualquer pessoa, independente da crença, pode utilizar os mantras para meditação.

Tipos e como entoar 

O que você gostaria de ativar em sua vida: o amor genuíno, a tranquilidade ou até mesmo o equilíbrio? Entoar um mantra é ativar e deixar aflorar as mais diferentes emoções e qualidades.

É possível traduzir alguns mantras de forma literal, mas por grande parte deles estarem em uma língua pouco conhecida é preciso considerar a tradição de onde ele vem.

A sua estrutura também pode variar, podendo ser:

– Monossilábico: cada uma das sílabas tem uma força, uma frequência específica. É possível equilibrar os chakras através da entoação de mantras específicos para cada um deles. Como é o caso do “OM”, que pode se entoado para harmonizar o chakra do terceiro olho.

– Frase curta: Om Namah Shivaya é um exemplo de um mantra curto e muito famoso na tradição Védica. Bastante auspicioso e que traz muita paz para aquele que o entoa.

– Estrofe:  Ide Were é um mantra um pouco mais longo e que fala sobre a deusa do amor. Esse mantra especial ajuda a encontrar o amor universal, removendo medos e mágoas e está disponível no Zen app.

Você pode entoá-la de diferentes formas também, como: murmurando, em voz alta ou apenas mentalmente. O ideal é ter uma rotatividade nas formas de entoar o mantra pois, a frequência apenas de uma maneira pode prejudicar na sua concentração.

Para escolher mantras para meditação é interessante ter claro qual a sua intenção ou deixar que a sua essência o guie durante sua escolha.

Mantras para meditação

Agora que você já conhece um pouco mais sobre o que é um mantra, está na hora de aprender como praticar mantras para meditação no seu dia a dia. Vamos lá?

Postura

Para praticar mantras para meditação é importante atentar-se para a postura. Procure sentar-se com a postura ereta, de forma que fique confortável.

É possível praticar enquanto realiza outras atividades durante o seu dia também. Aliás, essa é uma excelente opção para pessoas que sentem dificuldade de reservar um horário específico para começar.

Velocidade

A velocidade para entoar os mantras para meditação depende da sua estrutura. Mantras mais curtos, normalmente são entoados de forma mais calma. Já os mantras mais longos podem ser entoados um pouco mais rápido.

A sua experiência e afinidade com o mantra faz com que a velocidade seja descoberta de forma natural.

Respiração

É possível alinhar a sua respiração ao mantra escolhido. Nesse caso, você pode escolher uma das duas sugestões abaixo:

– Inspirar e expirar: Se você escolheu começar com um mantra curto você pode entoá-lo uma vez ao inspirar e novamente ao expirar.

– Expirar: uma outra sugestão é inspirar em silêncio e ao expirar entoar o mantra. Essa técnica também vai ajudar a aliviar a ansiedade.

Mesmo que você não escolha uma técnica específica de respiração, quando estiver concentrado entoando o mantra é natural que aos poucos a sua respiração fique alinhada a velocidade que está praticando.  

Quantidade de repetições

Como os mantras costumam ser curtos, o ideal é entoá-lo repentinas vezes durante a prática. No começo é aconselhável repeti-lo por 180 a 200 vezes.

No caso da prática Purashcharana se fazem mil repetições diárias, até completar ao final de sete anos o total de 2.4000.000 repetições.

Mente tranquila

Não force a sua mente a ficar livre de pensamentos, isso vai gerar tensão e você não conseguirá praticar o mantra.

Para que a sua mente esteja tranquila é necessário estar relaxado, e sentir a cada vez que você entoa o mantra mais leve e mais conectado. Perceba que a cada nova entoação você é guiado a uma nova frequência.

Escolha um dos mantras disponíveis no Zen app para começar. Perceba como entoá-lo será um processo natural e que a cada nova prática você se sentirá mais renovado e em paz com si mesmo.

Experimente o mantra Om mata om kalium poderoso mantra para deixar ir tudo aquilo que já não lhe serve mais, mas que por algum motivo ainda está presente em você,. 

OM MATA OM KALI [EXPERIMENTAR AGORA]

tela do pacote de mantras para meditação do zen app

Baixe agora através da App Store ou no Google Play.

 

About the author

Fabiana Paixão

Leave a Comment

Aplicativo de Meditação 7 dias grátis

Descubra seu lado Zen!

Baixe o App Gratuitamente, desfrute de meditações guiadas para relaxar, dormir bem e controlar sua ansiedade.
Inscreva-se e receba 7 dias de acesso 100% GRATUITO.
Faça parte de nossa lista VIP!

Obrigado por se inscrever em breve você receberá as informações de acesso no email cadastrado.

Compartilhar