Durante muitos anos, o autoconhecimento foi encarado como uma jornada em busca da espiritualidade. Essa interpretação não está errada, mas pode-se dizer que está incompleta.

Mais recentemente, essa habilidade tem sido mais ligada ao sucesso profissional. Se você quer descobrir melhor a relação entre esses dois aspectos da vida, este post é para você! Leia-o e fique por dentro do assunto! 

O que é autoconhecimento?

Conhecer a si mesmo é, acima de tudo, um exercício de desapego. Você precisa se desapegar das noções pré-concebidas que tem sobre si e entrar em contato com seus sentimentos mais profundos para descobrir quem realmente é. 

Nesse processo de autoanálise, será possível entender quais são suas habilidades, paixões, o que o motiva, mas também quais são suas limitações, os pontos que precisa trabalhar e desenvolver mais, as frustrações e as fraquezas.

Esse mapeamento de si permitirá obter informações importantes, como: quais fatores despertam sua raiva ou irritação? Com qual tipo de pessoas tem mais dificuldade de lidar?

Essas informações tornarão possível um maior controle das emoções e o desenvolvimento de uma maior inteligência emocional, tão necessária no ambiente de trabalho. Mas essa não é a única vantagem do autoconhecimento. Há muitas outras!

Quais os benefícios dele para a carreira?

Entenda agora por que essa jornada interior pode fazer você ter um desenvolvimento profissional mais promissor!

Tirar o melhor de si

Se você realmente conhece a si mesmo, sabe bem de que formas aprende melhor, como funciona sua curva de atenção, em quais assuntos tem mais facilidade e mais destreza. Sabe também quais são suas limitações e os pontos que precisa desenvolver para transformar em oportunidades.

Isso dá a você a chance de absorver mais conteúdos relacionados ao seu dia a dia de trabalho e à carreira que deseja levar. Assim, será um profissional qualificado e de destaque no mercado.

Tornar-se um bom líder

Para liderar, é preciso saber como motivar as pessoas, como engajá-las no que deve ser feito, orientar e apoiar. Mas como fazer todas essas coisas pelos outros se você mesmo não tem ideia de quem é, de onde vem e para onde vai? O autoconhecimento é uma porta importante para o relacionamento interpessoal. Para guiar os outros, você precisa saber onde está (e para onde vai).

Desenvolver melhor o networking

No mundo corporativo, é importante ter boas relações. Até mesmo com pessoas que têm pouco em comum com você e com as quais não se relacionaria fora do ambiente profissional. Conhecendo bem a si mesmo, você entenderá a melhor forma de se aproximar de cada pessoa e formar vínculos valiosos com elas.

Saber onde é capaz de brilhar mais

O autoconhecimento permite que você entenda quais são as suas paixões e o que faz melhor — e nem sempre as duas coisas convergem. De posse dessas informações, você consegue traçar um caminho profissional em que consiga se destacar e alcançar posições cada vez mais altas.

Além disso, pessoas autoconscientes têm a autoestima e a autoconfiança mais desenvolvidas e isso permite que elas não tenham medo de ousar, propor inovações e ser o centro das atenções.

Como conquistar mais autoconhecimento?

Cada pessoa é um universo. Portanto, não há uma receita de bolo para conhecer a si mesmo. Algumas práticas e exercícios ajudam a trilhar esse caminho. A ioga, que nos coloca diante dos desafios do ego e da mente, e a meditação são duas ótimas atividades.

Outro aspecto fundamental é vencer o medo de ficar sozinho. Para conquistar o autoconhecimento, é vital passar tempo na sua própria companhia. Só assim para entender a pessoa especial, rica e profunda que é.

Se você sente-se pronto para começar a trilhar essa jornada, leia nosso artigo com dicas de práticas para viajar para dentro de si e comece hoje mesmo!