Relaxamento

Como equilibrar os chakras: 5 formas vitais para alcançar a plenitude

mulher sentada em posição de lótus começando a equilibrar os chakras
Written by Zen App

Para garantir estabilidade emocional e mental digna de uma boa saúde, a busca para compreender como equilibrar os chakras tem ganhado cada vez mais adeptos no mundo inteiro.

Embora pareça uma ideia muito mística, não se trata de esoterismo, e sim da simples troca de energias entre corpo e ambiente. Mas o que são chakras? Como equilibrá-los? O que isso tem a ver com o bem-estar e a saúde mental?

Para responder algumas dessas e outras dúvidas, contamos com a ajuda da terapeuta Amanda Schultz, que tem um canal de sucesso no YouTube sobre o tema e também é produtora do aplicativo Zen.

Os chakras

A origem da palavra “chakra” vem do sânscrito e significa “roda” ou “círculo”. Sua primeira citação aparece nos Vedas, que são textos sagrados para os hindus e considerados como uma fonte de conhecimento espiritual muito respeitada na Índia.  

Esses povos encaram os chakras como rodas de luz, distribuídos em forma de energia ao longo de todo o corpo. Cada um deles se relaciona diretamente com alguma região ou grupo de órgãos, sendo classificados em sete pontos principais. São eles:

  1. chakra básico: representado pela cor vermelha, o primeiro chakra é localizado na base da coluna vertebral. Por simbolizar a conexão do indivíduo com a terra, pode representar a tomada de decisões e realizações na vida;

  2. chakra sacro: é retratado pela cor laranja e localizado no baixo-ventre. Ligado à região genital, está intimamente conectado aos desejos e à sexualidade. Seu equilíbrio é importante para que o indivíduo saiba como lidar com os próprios sentimentos;

  3. chakra do plexo solar: é referenciado pela cor amarela na região abdominal, e seu desequilíbrio pode ser identificado por complexos de inferioridade ou inveja. Seu bom funcionamento possibilita que a pessoa se sinta mais autoconfiante e determinada em sua personalidade;

  4. chakra cardíaco: com a cor verde, o quarto chakra é o representante do amor e gratidão que sentimos por outros. Une os pontos de energia, sendo reconhecido como “ponte” de todos os chakras;

  5. chakra laríngeo: posicionado na região da garganta, o quinto chakra representa criatividade e capacidade de comunicação. É simbolizado pela cor azul;

  6. chakra frontal: simbolizado pela cor azul índigo, também pode ser conhecido como “chakra do terceiro olho”. Está fortemente ligado à intuição e à sensibilidade espiritual;

  7. chakra coronário: representado pela cor violeta, o sétimo chakra se localiza-se no alto da cabeça. É um dinamizador da espiritualidade e, quando desequilibrado, pode ocasionar doenças nervosas.

A importância do alinhamento

Os chakras não refletem apenas aspectos da energia física e emocional, mas também podem estimular dons e virtudes. Logo, se algum deles estiver bloqueado, toda a harmonia do corpo estará comprometida.

Um bom alinhamento com o chakra laríngeo, por exemplo, permite que a pessoa se expresse de forma clara, com habilidades apuradas de compreensão para falar e ouvir. O desequilíbrio, por outro lado, pode comprometer a forma de se comunicar, provocar tosses e até distúrbios vocais.

Segundo Amanda, como nossos aspectos físico, emocional, mental e energético estão interligados, todo o corpo se beneficia com o alinhamento dos chakras. “Consequentemente, nos tornamos menos ansiosos e estressados, dormimos melhor, a mente fica mais clara, com pensamentos mais positivos, o corpo ganha mais vitalidade e disposição”, explica.

Como equilibrar os chakras: 5 formas vitais

Existem diversas maneiras de equilibrar os chakras. Muitas delas podem ser feitas com o auxílio de terapias naturais, como o Reiki, Thetahealing, Aromaterapia, massagens Ayurvédicas e Apometria. No entanto, também é possível promover esse equilíbrio por conta própria, sem a intervenção de um profissional especialista.

1. Meditação

Diversos tipos de meditação podem ser usados para abrir os chakras e desobstruir os bloqueios que impedem a livre circulação de energia. A maioria utiliza técnicas de visualização aliadas à cromoterapia.

Uma dica de Amanda é visualizar uma esfera de energia na cor do chakra que você quer equilibrar. “Por exemplo, para o plexo solar, mentalizar uma esfera de luz amarela na região logo acima do umbigo. Você ainda pode colocar suas mãos sobre o chakra e imaginar que está passando uma energia da cor dele, trazendo harmonia e equilíbrio”, diz ela.

2. Mindfulness, ou atenção plena

O Mindfulness, assim como outros métodos de meditação, acalma a mente e equilibra as emoções. Seu diferencial está no autoconhecimento, provocado pela atenção plena.

Mais do que um simples treino mental, o Mindfulness também é um estilo de vida, que ensina o praticante a viver no momento presente, sem ansiedades e preocupações com o passado ou futuro. “Quando se harmonizam a mente e as emoções, automaticamente, nossos chakras também entram em equilíbrio”, explica Amanda.

3. Mantras

Outra tática de equilíbrio consiste em vocalizar os Bíja Mantras, que são os sons-semente de cada chakra. Segundo Schultz, “esses Mantras atuam por meio da ressonância, cada som correspondendo à frequência de um dos 7 chakras, como uma frequência de rádio. Assim, vocalizando os mantras, você pode equilibrar seus chakras”.

O som-semente de cada chakra é:

  1. chakra básico: LAM.

  2. chakra sacro: VAM.

  3. chakra do plexo solar: RAM.

  4. chakra cardíaco: YAM.

  5. chakra laríngeo: HAM.

  6. chakra frontal e chakra coronário: OM.

4. Yoga e Tai Chi Chuan

A prática de atividades físicas em geral é importante para a saúde e equilíbrio do corpo, no entanto, o Yoga e o Tai Chi Chuan se diferem dos exercícios tradicionais, já que focam em movimentos precisos e que possibilitam a transição do corpo de uma posição para outra.

Dessa forma, ambas as práticas usam a respiração para relaxar a mente, enquanto coordenam músculos, articulações e a mente para que estejam alinhados com a boa energia que flui pelo corpo, permitindo sua circulação sem bloqueios.

Se a prática for ao ar livre, melhor ainda: o contato direto com a natureza contribui bastante para um equilíbrio mais apurado dos chakras.

5. Afirmações positivas

Você já deve ter ouvido alguém dizer que as palavras têm poder, e é verdade. Nossos pensamentos e intenções, quando expressados verbalmente, criam a nossa realidade e podem promover resultados positivos se repetidos regularmente.

Veja alguns exemplos de afirmações capazes de equilibrar e fortalecer seus pontos de energia:

  • “eu estou profundamente conectado ao meu corpo”;

  • “perdoo meu passado e me abro para as oportunidades do presente”;

  • “sou forte e corajoso(a)”;

  • “sou protagonista de minha própria vida”;

  • “sou grato(a) pela bondade e amor em minha vida”;

  • “eu vivo no momento presente”.

No aplicativo Zen, é possível ter acesso a meditações guiadas e outras técnicas inovadoras para equilibrar os chakras e garantir seu bem-estar. Se você gostou do post, não deixe de assinar nossa newsletter e ter acesso a todas as novidades do blog em seu e-mail!

About the author

Zen App

Leave a Comment

Aplicativo de Meditação 7 dias grátis

Descubra seu lado Zen!

Baixe o App Gratuitamente, desfrute de meditações guiadas para relaxar, dormir bem e controlar sua ansiedade.
Inscreva-se e receba 7 dias de acesso 100% GRATUITO.
Faça parte de nossa lista VIP!

Obrigado por se inscrever em breve você receberá as informações de acesso no email cadastrado.

Compartilhar