É comum sentir ansiedade ou nervosismo, em algum momento da vida todo ser humano estará sujeito a sentir-se assim. No entando, algumas pessoas experienciam dessas reações de forma mais intensa e frequente. Nesses casos, saber como controlar a ansiedade é o caminho para uma vida mais tranquila. 

Segundo a OMS (Organização Mundial da Saúde) o Brasil foi apontado em 2017 como o país com a população mais ansiosa do mundo. Esse dado não inclui apenas a ansiedade generalizada (TAG), como também outros transtornos de ansiedade.

Diante disso, preparamos esse post com informações e dicas de como controlar a ansiedade. Continue lendo! 

O que é ansiedade?

A ansiedade é uma reação natural do organismo, que tem como objetivo alertar a pessoa para enfrentar o desafio, que mesmo que não seja superado, irá favorecer na adaptação às novas condições de vida.

Os sintomas da ansiedade como medo, preocupação e o nervosismo são emoções que qualquer pessoa sente diante de alguma situação ou em algum momento. Diante de uma situação como viagem, apresentação, reunião e até mesmo uma prova, é comum experienciar essas emoções. 

Aquele que sofre com algum transtorno de ansiedade, ou seja, que experiencia momentos de ansiedade frequentemente em situações cotidianas, acaba tendo dificuldade em como controlar a ansiedade para conseguir ter uma rotina tranquila. Isso acontece porque a ansiedade surge, em alguns casos, sem um real motivo.

O que causa a ansiedade?

Não se sabe ao certo o que leva a pessoa a desenvolver algum transtorno de ansiedade, mas algumas situações podem contribuir para o seu desenvolvimento, como:

  • Situações que envolvem grandes mudanças na vida (mudança de emprego, escola, cidade, casamento, etc);
  • Relações interpessoais difíceis;
  • Problemas financeiros;
  • Assédio moral, violência, abuso e outros traumas;
  • Situações com potencial de alta pressão (trabalho, faculdade, escola e outros);
  • Efeito colateral de medicamentos;
  • Questões relacionadas com transtornos alimentares, abuso de substâncias químicas, depressão, etc;
  • Perda de algum ente querido, lidar com o luto;
  • Fatores hereditários; 
  • Desequilíbrio nos neurotransmissores; etc. 

Outros fatores e situações além dos citados acima podem levar ao desenvolvimento da patologia.

Sintomas da ansiedade

A ansiedade pode apresentar uma variedade de reações físicas, emocionais e sintomas no organismo. É importante consiederar se esses sintomas são recorrentes ou acontecem em situações específicas. 

Os principais sintomas da ansiedade são: 

  • Dificuldade de concentração;
  • Preocupação excessiva; 
  • Medo constante; 
  • Dores no peito;
  • Insônia ou dificuldade para dormir;
  • Batimentos cardiácos acelerados;
  • Sudorese;
  • Irritabilidade;
  • Dificuldade para respirar;
  • Dore de barriga ou diarreia; etc. 

O medo e a preocupação excessiva são sintomas comuns entre os transtornos de ansiedade.  

Transtornos de ansiedade

É comum ouvir que determinada pessoa está com transtorno de ansiedade, mas o que a maioria não sabe é que existem diversos transtornos relacionados a essa patologia. Sendo os principais:

  • Transtorno de ansiedade generalizada (TAG): a preocupação excessiva faz com que a pessoa tenha dificuldade em controlar essa situação;
  • Síndrome do Pânico: normalmente diagnosticado nas pessoas que sofrem ataques de pânico constantemente e de forma espontânea;
  • Fobia Social ou Ansiedade Social: medo e ansiedade acentuados em situações sociais do cotidiano;
  • Fobias específicas: medo relacionado a um objeto, situação, animal ou outro, que provoca a reação imediata de medo e ansiedade.

Como alguns sintomas e reações são comuns entre os transtornos de ansiedade que existem, é importante verificar a quanto tempo eles ocorrem e a frequência para melhor avaliação médica. 

Como controlar a ansiedade

A ansiedade pode prejudicar na rotina da pessoa, inclusive em tarefas simples do cotidiano. Ela pode fazer com que a pessoa tenha a vida prejudicada em todos as áreas ou em áreas específicas dependendo do diagnóstico. 

Saber como controlar a ansiedade vai ajudar a pessoa a compreender melhor suas emoções e a ter uma rotina tranquila. Abaixo, escolhemos 3 práticas que vão ajudar você ou alguém querido que esteja lidando com a ansiedade. 

1 – Pratique atividades relaxantes

A dificuldade em relaxar pode estar relacionada com a ansiedade, que gera tensão e apreensão. Relaxar diante de uma crise pode ser algo difícil para a pessoa, por isso praticar atividades relaxantes pode ajudar antes desses momentos acontecerem. 

Experimente alguma atividade física, como ioga ou até mesmo aprenda técnicas de respiração. A respiração profunda é uma prática simples e excelente para relaxar e aliviar os pensamentos e a tensão do corpo. 

2 – Faça terapia

Um dos processos recomendados quando diagnosticado com algum tipo de transtorno de ansiedade é a terapia. Durante uma consulta a pessoa vai cada vez mais se redescobrindo, desenvolvendo o autoconhecimento. 

Ela também auxilia na mudança de padrões de pensamentos e comportamentos, além de ser uma aliada no equilíbrio da saúde mental. 

3 – Comece a meditar

A meditação guiada é prática antiga e que vem ganhando cada vez mais adeptos ao redor do mundo. Aprender a meditar é mais que silenciar a mente, é investigar os pensamentos e se fazer presente no aqui e agora. 

Quando quiser saber como controlar a ansiedade, experimente meditar por alguns minutos. Como a ansiedade nos leva para o passado ou futuro em pensamentos que nos deixam preocupados, a meditação retoma a nossa atenção para o aqui e agora. 

No Zen app, você encontra diversas meditações guiadas para diferentes objetivos, inclusive para alívio rápido da ansiedade. 

ALÍVIO RÁPIDO DA ANSIEDADE [OUÇA AGORA]

tela da meditação "Alivio Rápido da Ansiedade" do Zen app para ensinar como controlar a ansiedade

Aproveite para baixar grátis o Zen e conhecer outras meditações e ferramentas que irão auxiliar no seu bem-estar. Disponível para Android e iPhone