Você já deve ter escutado por aí que existem inúmeros benefícios da meditação. Ela auxilia tanto no relaxamento, concentração, equilíbrio emocional e muito mais. Mas você sabia que esses e tantos outros benefícios estão sendo cada vez mais comprovado através de estudos?

Além dos benefícios mais conhecidos, estão surgindo estudos que indicam e comprovam tantos outros. O que conhecemos hoje pode ser apenas uma parcela pequena dos infinitos benefícios que a prática pode nos trazer.

Curioso para saber quais os benefícios da meditação já comprovados por estudos? Então continue lendo!

O que é meditação 

A meditação é uma prática que vai além do olhar contemplativo. Através dela você consegue ter uma conexão  profunda com o seu ser. Com a mente e o corpo em perfeita harmonia é possível desfrutar de um estado meditativo.

Uma outra forma de exemplificar o que é a meditação é estar no aqui e agora, no momento presente. Por diversas vezes estamos pensando em problemas do passado e planejando o futuro, e não estamos de fato presente no nosso dia a dia.

Por isso os benefícios da meditação vão além da atenção plena, alívio da ansiedade e relaxamento. É uma prática simples e poderosa que pode transformar vidas.

Benefícios da meditação

Já falamos aqui no blog sobre alguns benefícios da meditação, mas dessa vez vamos apresentar estudos que reforçam e comprovam sobre como a prática pode ser benéfica para uma maior qualidade de vida e bem-estar.

  1. Meditação reduz os sintomas do ataque de pânico

A prática da meditação pode ajudar você a reduzir os sintomas de ataque de pânico, assim como os sintomas de outros transtornos de ansiedade.

De acordo com o resultado da pesquisa publicada pelo American Journal of Psychiatry, a prática pode diminuir os sintomas quando praticada regularmente. Então, o recomendado é que a pessoa consiga tornar a meditação um hábito em sua vida.

Uma das formas é praticar uma meditação matinal, que irá lhe dar segurança para seguir o dia com mais tranquilidade.

  1. Meditação alivia inflamações crônicas

Pessoas que sofrem de condições inflamatórias crônicas, por exemplo, artrite reumatoide, doença inflamatória intestinal, gastrite e asma – em que o estresse psicológico desempenha um papel importante – podem se beneficiar da prática.

Segundo o estudo publicado no Medical News Today, a técnica de Mindfulness ajuda na redução do estresse, uma vez que envolvem práticas com foco na respiração. A longo prazo além de auxiliar no alívio das inflamações, também desempenha papel importante no bem-estar daqueles que o praticam.

  1. Meditação melhora a cognição

Para os pesquisadores a técnica de mindfulness também melhora a cognição, sugerindo que 4 dias de meditação já podem causar efeitos positivos no humor e na cognição.

O estudo analisou um grupo de 24 estudantes que participaram de quatro sessões e outro grupo de 25 estudantes que ouviram um livro sendo narrado.

Ambos os grupos tiveram resposta positiva com relação à pesquisa e apresentaram melhora no humor. Porém, apenas o grupo que passou pela prática de Mindfulness teve efeitos como redução da fadiga, ansiedade e aumento da atenção.

No Zen app você encontra um programa completo de Atenção Plena em 08 Semanas, aproveite para começar agora!

PROGRAMA DE ATENÇÃO PLENA [COMEÇAR AGORA]

tela do Programa de Atenção Plena em 08 Semanas para desenvolver os benefícios da meditação

  1. Meditação é alternativa para reduzir medicamentos para dormir

Em parceria com o Instituto do Sono, pesquisadores da UNIFESP acreditam que a meditação é uma alternativa na redução de medicamentos para dormir.

Existem diversos fatores que podem levar a insônia, um distúrbio do sono que tem atingido 1 em cada 5 pessoas. A ansiedade, irritabilidade e inquietação são algumas reações comuns entre pessoas que lidam com esse distúrbio do sono.

  1. Meditação reduz a probabilidade de sintomas relacionado a depressão em adolescentes

Para os pesquisadores, além de diminuir os sintomas associados à depressão a prática também pode auxiliar na prevenção contra o desenvolvimento da doença.

O estudo publicado no Science Daily foi realizado com 400 alunos de 5 escolas em Flanders, na Bélgica com idades entre 13 e 20 anos. Eles foram divididos em 2 grupos, sendo um de controle e outro de teste. Antes de iniciar o teste, o grupo teste reportava evidências de depressão em 21%, já o grupo de controle 24%.

Logo após o treinamento de Minfulness, o número caiu para 15% no grupo de teste e aumentou 27% no grupo de controle. Após seis meses, a médica ficou em 16% no grupo de teste e 31% no controle.

Conheça o Zen!

O Zen é um aplicativo de meditação completo. São centenas de meditações disponíveis em português, inglês e espanhol. Nele você encontra programas exclusivos para os mais diversos objetivos, como: reduzir o estresse, mudar hábitos, dormir melhor e muito mais!

Além de conteúdos como frequências binaurais, ASMR, Mantras e a série original Simplifique, apresentado pela cofundadora do Zen, Juliana Goes.

Aproveite e baixe agora o Zen em seu celular. Disponível para iPhone e Android.